Candidatura de Aécio é considerada um problema para o PSDBTempo de leitura: 1 min.

1
314

A candidatura de Aécio Neves (PSDB-MG) à reeleição no Senado vem sendo considerado um problema pela cúpula tucana e é vista com resistência até mesmo por aliados. A verdade é que, depois que Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões em propina ao empresário Joesley Batista, há quase um ano, seu nome ficou isolado. Ele também foi denunciado pelo Supremo Tribunal Federal por corrupção passiva e obstrução de Justiça.

De acordo com reportagem do Estadão neste domingo 11, a candidatura Aécio sofre resistência dos dois principais candidatos de oposição ao governador Fernando Pimentel (PT), Márcio Lacerda (PSB) e Rodrigo Pacheco (MDB), além de prefeitos do interior historicamente aliados a Aécio, que hoje temem se engajar em sua campanha.

O pré-candidato do PSDB ao Planalto, o governador paulista Geraldo Alckmin, teme ficar sem um palanque competitivo no segundo maior colégio eleitoral do País. A estratégia do grupo de Aécio, diante desse cenário, é lançar na disputa ao governo estadual o deputado federal Marcus Pestana, aliado do senador.

Pestana seria um plano B no partido, uma vez que Aécio ainda não desistiu de convencer o colega Antonio Anastasia a disputar o governo. O ex-governador de Minas, no entanto, tem negado a candidatura. Aécio vem sendo pressionado a disputar o cargo de deputado federal e a desistir do Senado, mas a aliados, o tucano tem dito que prefere não disputar cargo nenhum a voltar a ser deputado.

  • Ralph de Souza Filho

    AÉCIO DEVERIA ESTAR SENDO LEMBRADO PARA OCUPAR UMA CELA DA PAPUDA….ESTIVÉSSEMOS EM UMA NAÇÃO E, NÃO, JÁ AGORA, EM UM PROTETORADO DOS INCONFIÁVEIS AMERICANOS DO TITIO SAM…