Temer recomenda ‘La Casa de Papel’ em tentativa de se aproximar de jovensTempo de leitura: 2 min.

0
736

O presidente Michel Temer gravou nesta 3ª feira (15.mai.2018) 1 curto vídeo para as mídias digitas do governo federal. Numa conversa com informalidade postiça, Temer recomendou duas séries disponíveis na Netflix: “Trump: um sonho americano” e “La Casa de Papel”.

A entrevista foi concedida a Nina França, contratada pelo governo para fazer propaganda da gestão no Twitter.

“Eu leio muito, mas vejo muita série. É interessante, vi uma série do [Donald]Trump, uma série em 4 capítulos, assim como aquele A Casa de Papel”, disse Michel Temer.


A linguagem da mulher é semelhante à de 1 youtuber. Com 1 discurso excessivamente informal (chegando a falar até em “xovens”, termo comum nas redes sociais), Nina tenta criar 1 ambiente artificialmente descontraído com o emedebista.

O presidente diz que apresentaria 1 balanço do governo, o que fez em seguida em cerimônia no Planalto, e falaria por 40 a 50 minutos. Ela fala: “À vontade, senhor presidente”.

Aos risos, Temer responde: “Não, aqui não. Aqui vou falar só uns 2 minutos”.

A produção foi realizada com ao menos 3 câmeras: uma usada por Nina França e outras duas por cinegrafistas. Durante a conversa, não é utilizado o vídeo da mulher com Temer, apenas imagens dos cinegrafistas.